Resultado do ho, ho, ho!

 photo resultado_zps1ee8bcc4.jpg

Êeee! Chegou o dia. Recebi algumas mensagens de pessoas ansiosas pelo resultado, haha!

Como já falei várias vezes, minha vontade era poder presentear todo mundo que fez deste um ano muito bom para o blog. Mas ainda não sou ryka pra isso… Então, sem mais delongas, quem ganhou essa caixa legal da Sênsis foi a Bárbara Moretti! (Veja os prints do sorteio aqui e aqui)

Bárbara, sua bonita, mande seu endereço para umacadeiraporfavor@gmail.com :)

Obrigada a todos que participaram! Já já tem um novo sorteio por aqui!

ps.: A Bárbara tem um blog ótimo, com fotos lindas e textos bons de ler, recomendo!

Uma xícada de chá, por favor: Earl Grey

Continuando a série sobre chás – clique aqui se você não viu o primeiro post – hoje vou falar um pouco sobre um dos meus preferidos do momento. É importante frisar que são os do momento porque isso pode mudar, claro. Eles terminam, compro outros, experimento diferentes marcas e essa lista vai sendo atualizada.

Quem ocupa o topo da lista dos preferidos é o Earl Grey da Ahmad.

ahmad tea (4)

Como contei, quando comecei a dar uma chance para os chás durante o intercâmbio na Argentina, earl grey (de alguma marca argentina que não me lembro) se tornou um dos meus favoritos. Eu nunca poderia imaginar que um chá poderia ter um cheirinho tão bom e gosto tão adocicado como ele.

Quando voltei para o Brasil foi decepção, claro. Não encontrava earl grey de jeito nenhum na minha cidade. E então, eis que o Dudu teve a belíssima ideia de procurar na internet e me deu de presente de aniversário (em 2011, acho), essa lata da Ahmad que hoje virou porta lápis. Ela acabou por acabar e Dudu me presenteou com outra, dessa vez na versão da caixinha mesmo.

ahmad tea (2)

O que é o Earl Grey? É nada mais nada menos do que chá preto aromatizado com óleo essencial de bergamota, que é retirado da casca da fruta. A bergamota parece uma laranja, na verdade, então o chá tem tanto cheiro como gosto meio citrus. Ele pode ser tomado puro ou com leite.

A história dessa mistura é meio longa e tem várias versões (se você se interessar, aconselho dar uma lida na wikipedia), mas hoje ela é produzida por diferentes marcas, com chá preto provenientes de diferentes regiões. Alguns ingredientes são acrescentados à mistura, dando origem à algumas variações como Lady Grey e London Fog – nunca experimentei esses.

Além do chá, a gente encontra por aí muitas outras receitas utilizando o earl grey, como biscoitinhos e bolos. Pretendo experimentar alguma. Se der certo, posto aqui pra vocês!

ahmad tea (5)

Sobre Ahmad Tea: Essa é uma empresa inglesa, considerada uma das melhores do mundo e, consequentemente, concorrentes de marcas como Twinings e New English Teas. O engraçado é que não consegui encontrar informações, mesmo no site deles, de quando começou a fabricação de chás. Mas, pelo que consegui entender, era um negócio familiar, de pessoas que apreciavam a arte de beber chás, lá pelos 1800 e alguma coisa. Em 1986, foi aberto o escritório da Ahmad na Inglaterra, que foi quando a produção e exportação se iniciou de fato.

Hoje, os chás são fabricados no Sri Lanka e distribuídos pela Inglaterra. O site deles é de arrancar os cabelos, gente. Tem muitas opções, diferentes receitas e embalagens maravilhosas.

ahmad tea (6)

ahmad tea (1)

O veredito final: Sendo bem sincera, o único motivo pelo qual eu tomo o earl grey da Ahmad é porque ganhei uma lata seguida da outra. O da marca argentina que não me lembro mais o nome era tão bom quanto esse e eu gostaria muito de poder encontrar alguma versão brasileira que fosse mais acessível. Sei que Twinings e afins fabricam, mas o preço continua bem salgadinho.

Sobre isso, uma vantagem da Ahmad perto dessas outras que podemos encontrar no Brasil é que o custo benefício me parece melhor. Uma caixa de 100g da Ahmad custa em torno de 40 reais na internet. Aqui na minha cidade consigo encontrar, por exemplo, o earl grey da Twinings em sachês (20g) por 8, 9 reais.

Fazendo a conta, nos finalmentes o preço sai bem parecido. Só que os sachês da Twinings acabam que não são completamente aproveitados. Usar um sachê deles pra uma xícara, na minha opinião, é um desperdício total. Eles rendem pelo menos duas, mas mesmo assim é bastante pra mim que bebo sozinha. Sei que eles poderiam render mais. Não gosto de desperdiçar, gente!

Já o da Ahmad eu posso dosar. E notei que não preciso colocar muito chá para fazer uma xícara porque rende bastante, não fica fraco. Então, ele dura bem mais aqui em casa. Eu nem me lembro quando foi que ganhei essa segunda caixa, já faz um tempinho e eu bebo e bebo e nunca parece diminuir a quantidade.

Onde encontrar? Bom, depende de onde você mora. Aqui em Juiz de Fora nunca vi o Ahmad pra vender no supermercado. Meu namorado disse que já viu no Pão de Açúcar, no Rio, mas ele comprou a lata no site das Lojas Americanas.

Eu, recentemente, fiz uma compra nesse site chamado Sênsi – chás e especiarias (isso não é um publipost!). Lá tem o earl grey e eles tem preços bons, parecidos com o que vemos por aí. Tudo chegou direitinho e bem rápido, então fica a dica pra vocês.

***

E pra finalizar, queria dizer que não sou super conhecedora de chás, viu? Ainda estou estudando e aprendendo, então se alguma informação que eu dei aqui não está certa ou se vocês sabem mais sobre earl grey ou Ahmad ou qualquer outra marca, vou ficar feliz se me contarem!

Espero que estejam curtindo essa série aqui no blog!