Sobre um prêmio

 photo vermelho_zpsa679af1e.jpg

E aí que depois de 7 anos participando do festival na minha cidade, depois de mais de 2 anos de amizade com pessoas muito especiais, depois de meses trabalhando em um roteiro, produzindo, gravando, editando, a gente ganhou um prêmio!

Vocês se lembram do post sobre o nascimento do curta? Pois é, acabou que com muito esforço e dedicação de todo mundo, Marx Pode Sair ficou pronto mesmo e acabou ganhando o Prêmio Incentivo no festival de cinema Primeiro Plano que acontece há anos aqui em Juiz de Fora. A competição desse prêmio é entre curtas feitos por universitários e um júri escolhe o merecedor.

Nós ganhamos uma grana e também a possibilidade de empréstimos de equipamentos legais para a produção de outro curta. Essa é nossa contrapartida, temos que produzir um filme que será exibido na abertura do festival nesse ano! Olha que chique!

Trabalhar com cinema no Brasil é bem complicado pra quem quer fazer algo autoral. E é por isso que nós não trabalhamos com cinema, haha! Nós somos um grupo de amigos que simplesmente tem vontade de fazer filmes, de colocar pra fora nossas ideias e ver o que dá. E isso não significa que não é e que não dê trabalho, viu?

Nosso curta foi feito com muito amor, muito vinho, muita pizza da Sadia e trinta reais de cada um pra pagar o lanche para os atores, que foram maravilhosos e decidiram embarcar com a gente num projeto que, tenho certeza, pareceu sem pé nem cabeça no começo. E o fato de ter ganhado o prêmio com esse curta é muito significativo porque provou pra mim que podemos continuar fazendo desse jeito.

Pra completar a felicidade, nosso filme foi selecionado para a Mostra de Cinema de Tiradentes e vai ser exibido hoje na Mostra Cena Mineira. Êta lindeza!

Quando o curta estiver online eu mostro pra vocês. Enquanto isso, vocês podem acompanhar o caminho que Marx Pode Sair tem trilhado no nosso blog. Lá tem mais detalhes, mais fotos e mais vídeos.

Obrigada a todo mundo que apoiou a gente por aqui! Não poderia deixar de compartilhar esse momento especial com vocês!

Sobre o nascimento de um curta-metragem

Hoje era dia de cartaz de filme, mas resolvi começar a semana compartilhando com vocês algo muito especial!

Finalmente, eu e aquele grupo de amigos que sempre comento por aqui começamos as gravações do nosso filme! “Marx Pode Sair ainda não é um curta, nem um média, nem um longa. Por enquanto ele é um documento de texto que fala em umas 13 cenas da relação de três jovens que são confrontados com o fato de ter que esconder Marx em seu apartamento. O roteiro incompleto, antes de ser um problema, é uma oportunidade para que a gente sinta o clima do filme e para que os atores se envolvam na criação”.

Não vou falar muito mais sobre o filme aqui. Convidamos a todos vocês pra acompanharem a gente nessa aventura pelo blog O quarto do Marx, onde vamos postar fotos, teasers, making of, referências e tudo mais que circunda o processo de produção desse curta.

Depois de quase três anos, estudando cinema juntos, vendo filmes, fazendo festas, morando juntos, viajando juntos, esse curta está sendo não só o resultado de muito esforço, dedicação e estudo, mas também o resultado de nossa amizade, da vontade de construirmos algo que tenha a mão de todos nós.

O filme é um experimento e uma experiência. Ele está em aberto. Sabemos onde queremos ir, mas não sabemos ainda onde vamos chegar. Desde já agradeço aos atores maravilhosos que embarcaram com a gente nessa loucura!

E sejam vocês muito bem vindos também!

_MG_4639

_MG_4619

_MG_4700

IMG_4733