Três razões para ler Minhas imagens do Japão

Se você gosta de literatura infantil, ilustração e cultura japonesa, provavelmente esse livro também é pra você.

Minhas imagens do Japão é um livro escrito por Etsuko Watanabe. Nele, a personagem Yumi, uma garotinha de sete anos, apresenta pra nós o Japão e como é viver lá: sua casa, a culinária, o dia-a-dia na escola, as datas comemorativas, o idioma, etc. Tudo isso ilustrado pela própria autora.

Eu me apaixonei pelo livro no momento em que o abri. Primeiro porque gosto muito de ilustrações de casas desde criança, principalmente as bastante detalhadas como são as desse livro. Segundo porque, junto com os desenhos, vem uma descrição do que é aquele ambiente, o que tem nele, pra que servem as coisas. E de quebra, a gente ainda aprende um pouco de japonês! A edição que eu tenho é de 2007, da Cosac Naify.

Assim que terminei a leitura fiquei morrendo de vontade de ler mais livros do mesmo estilo em que a autora fizesse a mesma viagem na cultura de outros países. Infelizmente, eles não existem…

Como já comentei várias vezes por aqui, sou apaixonada pelo universo infantil e tenho começado uma coleção de livros infantojuvenis. Eles são lindos, gostosos de ler e de ver e achei que seria uma boa ideia compartilhar com vocês junto com minhas outras leituras.

(Eu sempre quis fazer vídeos sobre livros e filmes, mas acho que não tem a ver comigo sentar e falar e falar e falar. Estava procurando saídas criativas pra isso e me inspirei na série Three Reasons que a Criterion Collection faz com os filmes. Acho que assim o vídeo e o post podem existir de forma independente e se complementarem. Espero que gostem!)

Anúncios

Em cartaz #30: Nan Lawson

Aquelas coisas bonitas que a gente acaba encontrando sem querer por aí! Esse é o trabalho da Nan Lawson, uma ilustradora que mora em Los Angeles.

Morri de amores quando vi que vários dos desenhos são de personagens de filmes e séries. Mas me ganhou o coração principalmente porque vi o agent Cooper, de Twin Peaks (obcecada mode on)!

 photo nahlawson3_zpsba92b70d.jpg

 photo nahlawson4_zps29fa3199.jpg

 photo nahlawson1_zps04e56072.jpg

 photo nahlawson2_zpsc5371d87.jpgGosto muito de versões ilustradas de personagens assim e o traço dela é bonito demais!

Então, é isso! Uma dose de boniteza pra começar essa semana!

o/

*

Nan Lawson | site | instagram | twitter | etsy

Onde comprar pôsteres

Essa é uma série de 3 posts em que vou falar um pouquinho sobre pôsteres/cartazes/quadros. O primeiro é este, sobre onde comprei os meus e onde vocês podem comprar. O segundo será sobre pôsteres para download gratuito. Vou disponibilizar alguns que eu tenho também. E o terceiro será sobre o processo de impressão, formatação, resolução, tamanho, tipos de papel, etc.

*

Desde quando fiz meu poster tour, a pergunta que mais recebi foi onde comprar pôsteres/cartazes/quadros. Eu decidi não falar sobre isso no vídeo porque achei que seria chato e ficaria longo. Mass, atendendo a pedidos vou contar pra vocês!

Onde comprei os meus

meus pôsteres2

Pierrot le fou: encontrei meu posterpreferidodavida na loja desse vendedor chamado Jomms no ebay. Ele tem muitos e muitos outros cartazes. São caros, viu, não vou mentir, mas são originais. Quando digo originais, quero dizer que ele não faz uma produção em série, não tem mais cartazes do Pierrot le fou pra vender. Provavelmente os cartazes dele ficavam nos cinemas mesmo ou são peças de colecionador, algo assim. O vendedor é de Nova York e o cartaz chegou super bem embalado, fiquei impressionada. Se você é apaixonado por algum cartaz e procura uma versão original, dê uma olhada no perfil dele!

IMG_8677

The Beatles e Easy Rider: comprei na Galeria do Rock em São Paulo numa daquelas lojas de disco. Queria ter levado outros porque tinham muitos e o preço foi ótimo, 15 reais cada. Super recomendo pra quem quer encontrar cartazes de filmes ou de bandas!

Primeiro Plano: esse é o cartaz de divulgação do Primeiro Plano, um festival de cinema que acontece aqui em Juiz de Fora todo ano. A arte da edição de 2009 foi a que mais gostei até hoje e decidi pedir um pra mim!

Casa America e Tournée du Chat Noir: comprei os dois durante meu intercâmbio na Argentina em 2010. O da Casa America encontrei naquela famosa feira de San Telmo em Buenos Aires. Lá tem muita gente vendendo posteres e ilustrações vintage. Naquela mesma região, quando estávamos indo embora, lembro que encontramos essa loja meio antiquário, meio sebo, e foi onde encontrei essa reprodução de uma das propagandas do cabaré Chat Noir, feita pelo Theóphile Steinlen. Não lembro o preço, mas foi bem baratinho.

2001, Uma Odisséia no Espaço: esse eu ganhei da loja Moloko Psicodélico, quando fiz a parceria para o sorteio de aniversário do blog.

IMG_8680

Agora, os quadros pequeninos.

Frida Khalo: esse quadro é do Otávio, nosso amigo que morou com meu namorado antes de mim. Os meninos deram o nome para a “república” deles de Freud&Frida por causa desse quadro e outro do Freud que temos aqui. Mas não sei onde o Otávio arrumou esse!

Moulin Rouge: quadrinho super clichê, mas como não achar bonito? Esse comprei junto com o Chat Noir em Buenos Aires.

Casal simpático: quem é esse casal? Não faço ideia, haha! O Dudu encontrou esse quadrinho por 4 reais numa barraca na feira da Praça Luis XIV no Rio de Janeiro e decidimos levar mesmo não sabendo quem são. Tinham muitas e muitas fotografias antigas todas por esse preço.

Esse tipo de feira de antiguidades é ótimo para encontrar cartazes antigos e quadros com um estilo mais vintage. Sempre que vou viajar procuro saber sobre as feiras que tem na outra cidade porque é certeza de encontrar coisas legais.

IMG_8674

Psicose: Esse quadro fica no banheiro, dentro do box. Foi ideia do Otávio, mas eu também já tinha o visto antes. Tenho quase certeza que vimos no mesmo site de decoração! Pegamos a imagem na internet e mandamos imprimir. Simples assim.

Caso vocês se perguntem, não, o quadro não está danificado de nenhuma maneira. Ele pega todo o vapor do banheiro, as vezes fica um pouco molhado, mas continua intacto!

meus pôsteres3

Freud: Usamos essa fotografia do Freud há muito tempo em um curta que fizemos pra faculdade. O Dudu nunca quis desfazer dela, então ficou guardada. Quando ele se mudou pra cá, resolveu trazê-lo para fazer companhia a Frida. E assim surgiu Freud&Frida. Hoje ele não fica mais na sala, está na nossa despensa/área de serviço. Acho que por isso tá tão mal-humorado assim, haha!

*

Onde encontrar pôsteres na internet e os problemas disso

Vou ser bem sincera com vocês, nunca comprei pôster de nenhum site. Se você procurar na internet “onde comprar posteres”, vão aparecer mil lojas, todas com coisas lindas e, provavelmente, com um preço bom ou razoável.

Por mais que várias que pareçam legais e confiáveis, acho que não seria certo indicar sem eu ter, de fato, visto algum cartaz fisicamente. Porque não importa se a imagem é bonita e se está dizendo que o tamanho dela é, sei lá, 90x60cm. O que importa mesmo é a qualidade da impressão e isso não posso garantir pra vocês.

Seria legal se vocês procurassem a opinião de pessoas que já compraram pôsteres daquela loja X que vocês gostaram. Ou então, por exemplo, buscar o facebook ou instagram da loja porque as vezes eles postam fotos reais dos produtos, então dá pra ter uma ideia da qualidade. Isso é o que eu faria.

Mas, como comentei no início, o Ebay é um bom lugar para encontrar cartazes, principalmente alguns mais antigos. O legal é que grande parte dos vendedores postam as fotos verdadeiras dos cartazes/ilustrações, as vezes com detalhes e tudo, mostrando se tem algum pequeno defeito. Isso passa uma segurança maior na hora de comprar.

Chico Rei: os únicos posteres de loja que já vi ao vivo foram os da Chico Rei, que é aqui da minha cidade. Eu nunca comprei nenhum, mas já estive com eles nas mãos e a qualidade é muito boa. Acho o preço bem razoável (entre R$19 e R$29) e as ilustrações bem criativas, então vale a pena. (Isso é não é um publipost, viu gente? É só uma opinião sincera)

*

E termina então a primeira parte dessa série de posts. Se ainda tiverem alguma pergunta, é só falar! Espero ter ajudado vocês, que as dicas tenham sido úteis!

E vamos conversar, se vocês tem sugestões ou já tiveram experiência com alguma loja online de pôsteres, me contem!

o/

Em cartaz #26: Criterion Collection Designs

Não tem nenhuma, mas nenhuma vez que eu tenha me deparado com alguma capa de DVD da Criterion Collection e não tenha gostado. Existem muitos cartazes de filmes bonitos, mas esses designers da Criterion fazem simplesmente um trabalho maravilhoso.

Para quem não conhece, Criterion Collection sobre eles mesmos (minha tradução):

Desde 1984, a Criterion Collection, uma série contínua de importantes filmes clássicos e contemporâneos, tem se dedicado a reunir os maiores filmes de todo o mundo e publicá-los em edições que oferecem a mais alta qualidade técnica e conteúdos complementares originais. Ao longo dos anos, à medida que se mudou de discos a laser para DVD, Blu-ray e transmissão on-line, temos visto um monte de coisas mudarem, mas uma coisa permanece: o nosso compromisso de publicar os momentos marcantes do cinema para um público cada vez mais amplo.

 photo 9d520addb16ecae37cc5df84e1652d39_zps4034d618.jpg

 photo 15f94c2fa32c8c8f51a37ec3112fee6e_zps14815b4f.jpg

Então, essas imagens que vocês estão vendo são capas de DVD/Blu-rays ou então art works, como eles chamam. Eles também fazem alguns posters, que estão a venda na loja online (infelizmente só para os EUA e Canadá).

Acho que já comentei aqui outras vezes, mas gosto muito dessa técnica de usar fotografias para fazer os posteres e eles usam bastante isso. Talvez seja o que mais me chama atenção nessas artes. Acho que pode parecer fácil usar uma foto, mas se tratando de um filme, é preciso de um pouco mais de análise e sensibilidade para criar uma capa que apresente o filme para o público.

Resolvi colocar essas do Halloween e do Exorcista pensando nisso. As capas/cartazes de filmes de terror geralmente são bem clichês e repetitivas. Eu acho maravilhosa e medonha essa capa de Halloween. Esse é um plano que dura, sei lá, dois segundos no filme, mas congelado assim fica super medonho! Totalmente me convenceria, haha. E quem já assistiu O Exorcista, sabe que essas escadas tem um pequeno papel na trama. Para mim é genial que eles tenham escolhido justamente uma foto delas. É super original e consegue condensar acontecimentos importantes do filme sem deixá-los explícitos. Jamais teria essa ideia…

 photo 81c7b0ebe8f9c9a5935b3b6447c1c8fa_zpsf7ea219d.jpg

 photo bc4d6f6f2d436941652a32332f1ea5a7_zps6553ade5.jpg

Além de todas essas artes bonitas que eles criam, o site da Criterion é maravilhoso. Se você gosta de cinema, precisa conhecê-lo. Tem críticas excelentes, entrevistas com diretores e personalidades sobre cinema, listas de filmes…

O canal deles no youtube também é muito bom. Planejo assistir tudo que tem lá, haha. Mas já indico uma série chamada Three Reasons, em que eles nos dão três razões para assistir determinados filmes. E funciona bem, minha lista de filmes aumentou por causa deles, haha!

 photo cc2_zps2605d69c.jpg

 photo cc1_zpscb671111.jpg

 photo cc3_zpsd5741b3e.jpg

E para finalizar, e também para me matar do coração, eles anunciaram esse ano o livro Criterion Designs, em que vão estar nada mais nada menos do que os 30 anos de design e trabalhos artísticos feitos pela Criterion. Pra que, gente? Pra que fazer isso com meu coração e com meu bolso? Ninguém precisa passar por isso, haha!

Esse livro maravilhoso já está na pré-venda por US$99 no site da Criterion, mas encontrei na Amazon por US$65, ou seja, acho que o preço vai cair com o tempo. Espero. Eu aconselho vocês a clicarem no link aí para verem algumas fotos do conteúdo do livro. É uma preciosidade!

 photo 81W6mazc3NL_zpsf3e2a9e4.jpg

Bom, gente, isso é o que temos para essa segunda! Espero que gostem e que visitem o site da Criterion porque vale a pena demais! Não é jabá, viu? Antes fosse, hahaha! É só amor mesmo!
Boa semana pra todo mundo!

Paleta pastel candy color baby

Não sei como definir essas cores, acho que pode ser pastel, tem gente que fala candy color e geralmente se fazem referências com cores de coisinhas de bebê. Mas a verdade é que nos últimos tempos percebi que eu juntei várias ilustrações e fotografias que tem predominantemente tons pastéis.

É engraçado, porque nunca fui de gostar de rosinha, azulzinho… Acho que não tenho nada na minha cassa dessa cor. Mas por algum motivo, essas cores tem me chamado atenção recentemente e ficaram especialmente bonitas nessas ilustrações. Tanto que resolvi fazer algumas paletas.

Adoro isso porque a gente descobre como algumas cores que nunca pensamos que fossem ficar bem juntas podem fica harmônicas!

Aguas de maio – Ericka Lugo

 photo aguas_de_maio_by_erilu-d647kdu_zps5af24c95.jpg

 photo barco_zps7e06730d.jpg

*

Alice in WonderlandGrace Cho

 photo 924ceb0b6e83a6f68f26905bc9ea84aa_zps662a929d.jpg

 photo alice_zps494e9a8d.jpg

*

CactusIrene Cabrera

 photo 81f1e99febc327a883125515b35a0f20_zpsab9c0919.jpg

 photo cactus_zps024fb5b4.jpg

 

Personaliteas!

 photo il_fullxfull358852159_trs6_zps2baad7e9.jpgQuanto amor numa ilustração só! Olha o Olly Oolong e Camilla Camomile, que fofinhos! E o Earl Grey, um verdadeiro lorde inglês! Estou encantada, vocês devem imaginar, né? Foi uma ideia genial transformar os sabores de chás em personagens. Ficaram todos tão simpáticos!

Essa coisa linda foi feita pela ilustradora Moira Millman. Tem outros trabalhos dela na lojinha no Etsy e no site pessoal.

Ah, e por falar em chás, ontem testei a receita do bolo de Earl Grey e ficou muito gosto. Vou colocar a receita aqui no blog em breve!

Boa sexta, gente!

Amor de cactus

Deixa eu contar pra vocês, não está sendo fácil. Essa semana foi cheia de trabalho, enfiei a cara na dissertação, estamos finalizando nosso curta-metragem… Enfim, não estou reclamando, as coisas estão se encaminhando como devem.

Mas por causa disso, tem tempos que não vejo um filme e não consigo terminar os posts que havia planejado. Eu não gosto de escrever correndo e também demoro muito pra escrever, então…

Mas vi algumas coisas bonitinhas essa semana e queria compartilhar. Quem me segue no instagram já deve saber que tenho um mini jardim de cactus e suculentas e estou numa fase bem apaixonada de acompanhar o crescimento deles. E aí que eu encontrei essas ilustrações lindas de uma moça chamada Maya Pletscher.

Adoro desenhos miúdos assim! Gostei muito das cores que ela usou. E esses com os vasos de vidro ficaram a coisa mais bonita! Que treino e paciência pra conseguir desenhar tão delicado, né?

 photo 635d9d10040fd50def8b966ba9a15d3c_zpsc8dd644c.jpg

 photo d990e0140cd9c7c92b525046b133e57d_zps365fcdcd.jpg

 photo 9bbf513188e533a716b1854c621eb26e_zps5fd4e0f6.jpg

 photo 66198bdb07be201f35f42ba549c60e24_zpsfac5b0d1.jpg

Não deixem de passar no site da Maya. Tem mais outros trabalhos lindos por lá!

Boa sexta pra todo mundo! <3