Pixie da vez: Merethe Hopland

 photo tumblr_lxl6pzrAeJ1r700tto1_500_zpswzoqew3v.jpg

 photo 000000327852-merethe_hopland-fit_zpsolccltty.jpg

 photo 158252_980_zpsieii9h1s.jpg

Essa moça bonita é a modelo norueguesa Merethe Hopland. Fiquei apaixonada por esse pixie curtíssimo e estou pensando seriamente na possibilidade.

Já contei que não consegui deixar o cabelo crescer e fiz um side cut? Não? Pois é, não consegui e fiz um side cut, hahaha! E vou voltar pro pixie em breve. O que vocês acharam desse corte?

<3

Pixie update #3 meses

Então, aqui estou eu pra mostrar pra vocês como está meu cabelo depois de 3 – quase 4 – meses sem cortar.

Como falei num post passado, a coisa está melhor do que imaginei. Meu maior medo, que inclusive me tirava a coragem de cortar, era exatamente pensar na chatice e na demora pra deixar o cabelo crescer. Mas está sendo bem tranquilo.

Então vamos às dicas e reflexões!

1. Pra deixar crescer tem que cortar? Eu sei que parece uma pergunta estranha, mas, no meu caso, a resposta é sim. Eu cortei 3 vezes nesses últimos 3 meses, mas só ali bem atrás, perto da nuca. Durante o crescimento, essa parte vai acabar dando a impressão de que está mais longa. Obviamente que não está, ela vai crescer proporcionalmente. Mas eu estou tentando deixar o cabelo inteirar e ficar todo do mesmo tamanho na altura do queixo, então, pra isso tenho que ir cortando até tudo estar no mesmo nível. Mas fica a critério de cada um, depende do estilo que você gosta.

Da mesma forma, em algum momento vou ter que cortar outras partes do cabelo porque ele está totalmente repicado. Da última vez que cortei pixie, deixei o lado esquerdo bem mais curto do que o direito. Por enquanto não está dando pra notar, mas daqui a pouco o desnível vai começar a aparecer.

2. Quanto tempo vai demorar? Não sei, gente. Existe aí aquela média de que o cabelo cresce 1 centímetro por mês, certo? Mas varia, claro, principalmente por causa da forma como você decidiu crescer, quantas vezes você vai cortar nesse meio do caminho, como era o pixie antes, se tem química ou não, etc. O meu está crescendo bem mais rápido do que imaginei (e isso nos leva para o próximo ponto).

3. Paciência é tudo. Não adianta querer que o cabelo cresça meio metro de um dia para o outro, gente, isso não existe. Aproveita essa fase, faz uns cortes diferentes e leva a vida capilar mais leve. Eu acho que a gente já tem tantas outras coisas pra se preocupar e o cabelo provavelmente é uma das únicas que pode voltar a ser como era antes, basta esperar.

 Eu tenho 100% de certeza que vou cortar de novo em algum momento da minha vida. Vamos ver se vou conseguir deixar mesmo crescer até o final do ano… Tenho minhas dúvidas.

É isso, gente. Dicas, sugestões, reclamações e dúvidas, é só deixar aí embaixo! Daqui a alguns meses volto com outro update.

Fiquem com a Mia Farrow maravilhosa que também resolveu deixar o pixie crescer um dia!

 photo 82a69eeb5e2cc45953b269e702b6fba6_zps2mkan2jo.jpg

Inspiração para pixie: Lily Collins

Eu sei que no meu último post sobre cabelo eu disse que queria mantê-lo curto, mas daí que resolvi deixar crescer. Pois é, a vida é assim. Tem quase três meses que eu não corto e pode deixar que vou tentar fazer um diário de crescimento.

Enquanto isso, queria postar essa minha mais recente inspiração. Não conheço a Lily Collins bem, só vi metade de um filme com ela, mas acabei encontrando algumas fotos sem querer e gostei do que vi. Além de ser bonita demais, ela acabou se tornando inspiração para o crescimento do pixie. Meu cabelo está mais ou menos do mesmo comprimento dessa versão mais curta e esse é mais ou menos o caminho que eu pretendo trilhar para deixá-lo crescer.

 photo bc2bb2debb0966789c9eb3082e0e3e8e_zpsmcbmyuxm.jpg

 photo 308ba11a5ac78ee69ae10c3cec8f3c59_zpseboe1ree.jpg

 photo 8e4c8881cde6063c358df4b625e98103_zps4esiet1r.jpg

 photo 45195a78a16e324968569226df5cc3e5_zpsgrulqqes.jpg

 photo 8e086f4afd061ef866d184bd3987b00f_zps3nieab9x.jpg

 

E aí, gente, é só esperar longos meses, quem sabe um ano, para que ele chegue nesse tamanho final. Paciência é uma virtude!

Mas por hora, posso dizer que o processo de crescimento está sendo bem mais tranquilo do que achei. Acho que a pior fase ainda está pra chegar…

Tem alguém aí deixando o cabelo crescer também? O que vocês tem feito, quais as suas inspirações? Me contem!

Deixando o pixie cut crescer

O processo de deixar o pixie cut crescer é, muitas vezes, o que desanima muita gente de ter esse corte. Além de levar meses, acho que chega uma hora em que não tem muito o que fazer, a não ser esperar pacientemente mesmo.

Mas olhando pelo lado bom, é uma chance de experimentar cortes diferentes até ele ficar do jeito que você deseja. Eu já estou me preparando pra essa fase, então fica aqui algumas inspirações!

 photo 66ee925944559cd39614cca42543da8f_zpse67ebeee.jpg

 photo pixiecrescendo6_zps687f9f17.jpg

 photo pixiecrescendo5_zps57e88533.jpg

 photo pixiecrescendo4_zps2709cd2a.jpg

 photo pixiecrescendo2_zps675441aa.jpg

 photo pixiecrescendo1_zpsb615d338.jpg

Alguém aí já passou por esse processo? Deixa as dicas prazamigas!

Boa semana, gente!

 

*todas as imagens estão no Pinterest

Pixie cut no verão!

pixie - jan 2015 (1)

O que fazer com seu cabelo curtíssimo no verão escaldante? Nada! Nada mesmo, você pode esquecer dele e ser feliz! Muita gente me pergunta se estou gostando do corte, principalmente agora no verão… já recebi perguntas também sobre o que fazer com ele na hora das atividades físicas.

Confesso que essa era uma preocupação minha antes de cortar. Ainda mais porque meu cabelo não é liso e tinha receio de que quando eu ficasse suada, ele virasse uma coisa horrorosa. Nojinho, mas é a mais pura verdade, né?

E aí que eu descobri que é tudo uma maravilha! Tanto pra ir na academia, tanto pra andar debaixo sol, momentos em que a gente sabe que é difícil ficar com o cabelo arrumado, eu simplesmente esqueço que ele existe. Aliás, está sendo muito mais fácil lidar com ele mais curto do que com ele numa versão nem-lá-nem-cá na altura do ombro. Antes do mini-cabelinho – como diz a Camila -, eu estava com esse corte. Eu gosto e acho lindo, mas aí sim era terrível porque não dá pra prender direito. Ou você lota de grampinhos ou fica tudo caindo na cara mesmo.

Ele super curto se comportou muito bem nessas situações, mas isso também tem outro motivo: eu parei de me importar.

pixie - jan 2015 (3)

Meu cabelo não é liso – o que não sei se é uma vantagem nesse caso – tenho redemoinhos, tenho algumas mechas que insistem em ficar tortas, então parei de me importar mesmo. Eu seco, sim, minha franja com secador e uso chapinha quando ela fica muito louca, mas por pura vontade de deixar o cabelo para o lado que eu gosto.

Eu passei uns bons 10 anos alisando meu cabelo, fazendo questão que ele ficasse impecavelmente sem nenhum fio fora do lugar. Mas ter o cabelo curto tem me ensinado a gostar mais dele na sua forma natural. Quanto mais curto ele foi ficando, mais natural também ficou. E não tem coisa melhor do que isso, né? Parece besteira, mas realmente sinto uma liberdade de tempo, de expressão, de aceitação…

Tenho me sentido bem mais eu e isso é algo que eu nunca esperei que pudesse acontecer por causa de um simples corte de cabelo.

pixie - jan 2015 (2)

E é por isso que eu digo que não há nada para fazer com o cabelo curto nesse calor! Claro, você pode usar prendedores, lenços, grampos. Embora eu goste muito – você já devem saber pela quantidade de posts sobre como usar lenços por aqui – ainda não me acertei com nenhum depois do pixie. Acho que, no fundo, eu quis me livrar de todas as amarras mesmo!

E tem sido maravilhoso! Não tenho previsões pra deixar o cabelo crescer. Pelo menos não durante esse verão… Liberte-se também! :)

Inspiração: cabelos curtos e coloridos!

Antes de cortar meu cabelo, eu queria fazer algumas mechas coloridas nele, acho que comentei algo sobre isso por aqui. Mas a vontade de cortar foi maior! Então, comecei a procurar por aí algumas possibilidades de ter o cabelo curtinho e colorido.

Um belo dia, encontrei essa foto da maravilhosa Léa Seydoux e pensei: quero essa cor! E daí que fiz uma simples matemática das cores: meu cabelo é castanho, seu eu passar loiro, vai ficar laranja! Yes!

E foi isso que eu fiz há mais ou menos um mês atrás. Comprei totalmente de intuição um tonalizante (que é aquele que não tem amônia e que sai depois de algumas lavagens) loiro natural. Juro que não pesquisei nada antes, simplesmente estava passando pelas Lojas Americanas e resolvi dar uma olhada nas opções. Acabei levando o tonalizante da L’oreal, Casting creme, louro natural, 700. Não entendo nada disso, mas o nome era esse.

Preciso deixar claro que eu tive sorte nessa minha matemática. O resultado poderia ser catastrófico, haha, não façam isso em casa! Procurem alguma informação antes de comprarem uma tinta/tonalizante. Ou não, se joga e seja feliz! Vai de cada um.

E eu fiquei bem feliz com o resultado! Claro que não está tão claro quanto o da Léa, mas está um laranja escuro e com um efeito bem natural. Não consegui tirar fotos, gente… Sei lá, tentei, mas não deu. Eu teria que fazer uma iluminação decente pra pegar mais o tom do cabelo porque ficou bem discreto, de fato. Já tem quase 1 mês que pintei e a cor continua firme e forte, então prometo que vou tentar tirar fotos de novo!

Depois de toda essa longa história, separei algumas ideias de cabelos curtos e coloridos que vi por aí. Ainda não tive coragem de me jogar na ousadia assim, mas cabelos bonitos pra servir de inspiração é o que não falta!

 photo c9f2ebb90133043e724ee6e77a86ea7a_zps76f9ebab.jpg

 photo ae9acf1a288adcdb2dc7a36b36a70e57_zps35f7baa8.jpg

 photo 45add858a59afc4bc210038b772b4127_zps0cb8d46c.jpg

 photo 11af1db8b9da274d5b986ce2e48b66f7_zpsb3614837.jpg

 photo 11e3e506d8ea15b3938ee6a892ef984a_zps49865681.jpg

 photo 2f75d3e2727d8fa8e7fe3e6eb6420a33_zps9e95b4d4.jpg

 photo 505743ac8a2ba967d5a507429ef11bb1_zpsff13a658.jpg

 photo 6b36008cb95da56a648b35b3d14aa6de_zps692a9cba.jpg

 photo 8af303c8b27297c5551401f1064c30b9_zps6d2262a3.jpg

Bom, eu não sei se eu me animaria a pintar o cabelo inteiro. Ter que descolorir e passar por todo esse processo danifica bastante o cabelo, além de que exige manutenção constante, né? E eu não sei o que acontece com esse cabelo curto, mas ele cresce super rápido, então imagina ter que ficar arrumando raiz todo mês? Sem chance… Mesmo se não precisasse descolorir, eu não usaria tinta. O tonalizante é legal porque ele não estraga nada o cabelo e vai desbotando com o tempo.

Com tintas fantasia, acho que eu me arriscaria em umas mechas meio soltas ou somente na franja, como na primeira foto. É mais fácil de cuidar e de desfazer se for necessário.

E isso é tudo pra essa sexta! Espero que tenham gostado das dicas!

Bom final de semana, gente! <3

*todas as fotos são do Pinterest

Conversa sobre o cabelo curto

Hoje vamos pular um pouco a programação normal de segunda. Esse começo da semana vai ser bem atribulado por aqui, masss eu tenho um novo vídeo e resolvi postar hoje pra vocês!

Comentar e respondi algumas questões sobre ter cabelo curtinho que recebi nesses últimos meses e em vídeo fica bem mais rápido de fazer isso! Espero que gostem e que possa ajudar as pessoas que ficam inseguras com a ideia de dizer adeus para as madeixas longas.

Dúvidas, sugestões, críticas são bem vindas, vocês já sabem!

Boa semana, gente!

Cabelo curto não é mais um dilema…

… porque eu finalmente cortei!

Yes, gente, agora não tem mais falatório, nem mimimis. Cortei, tá cortado e tá sendo amado!

Estou melhorando de uma gripe e minha garganta tá péssima, mas quis fazer esse vídeo rápido e curto mesmo assim só pra contar a novidade. Nos próximos estarei recuperada!

Dúvidas e sugestões, já sabem, é só falar!